Resultado de imagem para vinho branco

Os dias quentes chegaram em Curitiba, por isso a tendência é optar por bebidas mais leves, refrescantes e que harmonizam com pratos frios e poucos elaborados. Os vinhos brancos podem ser uma ótima opção, já que eles foram feitos para apreciar com uma boa companhia nos dias de calor, do lado de uma piscina e uma conversa. Mas assim como qualquer outra bebida, ela gera muita dúvidas. Com quais comidas harmonizar? Quando devem ser consumidos? Em quais ocasiões ele é mias indicado? Confira!

Uma das dúvidas que mais aparece no momento de consumir um vinho branco é a temperatura, já que é um fator muito importante para determinar o sabor. Depende da estrutura e corpo do vinho branco. Vinhos brancos leves devem ser servidos entre 6 e 8°C. Já os brancos secos e vinhos de sobremesa, entre 8 e 12°. Os vinhos do Porto brancos, por sua vez, encontram a sua temperatura ideal entre 14 e 18°. Para deixar seu vinho na temperatura correta, você pode deixa-lo na geladeira por cerca de duras horas antes de servir, utilizar baldes de gelo, ou mesmo as modernas cooler bags.

Outra questão que aparece muitas vezes é a decantação dos vinhos brancos, raramente ela precisa ser feita. Os brancos encorpados, com passagem por madeira e feitos de uvas mais resistentes à oxidação podem ganhar complexidade e mostrar aromas antes escondidos após a decantação.

Resultado de imagem para vinho branco

A Chardonnay é, com certeza, a uva branca mais conhecida e saborosa plantada no mundo. O motivo é a sua versatilidade, uma vez que apresenta características diferentes de acordo com o terroir onde é cultivada. É a uva típica da Borgonha, e entra no corte dos Champagne. O sauvignon blanc, típico do Vale do Loire e na Nova Zelândia, está se tornando cada vez mais popular. É mais ácida, com aromas herbáceos e de frutas cítricas e toques minerais.

Riesling é a uva típica da Alemanha e dos vinhos da Alsácia. Com suas notas florais e muito mineral, é um vinho branco aromático muito usado nas harmonizações, por ser considerado um verdadeiro curinga. A Chenin Blanc tem origem francesa, mais precisamente no Vale do Loire. Além da França, a uva se destaca na África do Sul, onde é uma das mais cultivadas. Enquanto na sua terra natal ela apresenta notas de frutas cítricas e maduras.

Resultado de imagem para vinho branco

Um dos momentos que mais bebemos vinho é durante as refeições e com amigos, por isso separamos para vocês algumas comidas que harmonizam muito bem. 

Os queijos harmonizam muito bem com vinho branco, principalmente os mais frescos e de sabor delicado, como a burrata, a mussarela fresca e o queijo de cabra. Os queijos macios, como brie e camembert, pedem vinhos de corpo médio a leve e acidez intermediária, como o Chardonnay do Novo Mundo ou Chenin Blanc da África do Sul. Queijos semiduros, como gouda e gruyère, harmonizam com Riesling ou Sauvignon Blanc. Por outro lado, os azuis, como o Gorgonzola, pedem cuidado: o ideal é harmonizam por contraste, ou seja, combinar seu sabor salgado com os vinhos doces, como os Late Harvest e vinhos do Porto Brancos.

A combinação de peixes e vinho branco é muito conhecida, mas nem sempre verdadeira! Peixes brancos acompanham bem um Riesling alemão. Agora, se o prato de peixe branco vai ser servido com molhos gordurosos, é preferível escolher vinhos brancos plenos a secos, como o Chenin Blanc do Loire. O Ceviche, por sua vez, pede um Sauvignon Blanc. Já o salmão pode ser acompanhado de Riesling, Gewürztraminer ou um Pinot Grigio. Frutos do mar pedem brancos do Rhône o sul da França e Chardonnays opulentos. As ostras, Chablis ou Muscadet.  Mas os caranguejo pedem brancos encorpados, como os da Borgonha, Bordeaux ou Rhône.

Fonte: grandcru