Queijos e vinhos combinam muito bem e, vamos combinar, não tem como resistir, afinal uma noite em boa companhia pede um bom vinho. Para noites a dois, a mesinha de centro da sala de estar funciona super bem, e para recepções maiores  a mesa de jantar ou da varanda é a melhor opção. É importaante criar um ambiente em que os seus convidados possam circular por todo móvel de maneira confortável.

Quando for organizar sua noite, o primeiro passo é avaliar o número de pessoas que você irá receber e relacionar com a quantidade de queijos a ser servido, analisando sempre a qualidade e o preço. Afinal, o queijo é o prato principal e avaliar a quantidade disposta para os convidados é fundamental.O recomendado é servir pelo menos 4 tipos de queijos, verificando sempre o equilíbrio dos sabores. Confira:

  • 1 Queijo forte  Exemplo: Roquefort, Gorgonzola;
  • 1 Queijo forte de textura dura –  Exemplo: Parmesão, Gran Padano, Gruyère;
  • 1 Queijo firmes de sabor suave – Exemplo: Ementhal, Gouda, Reino;
  • 1 Queijo cremoso suave – Exemplo: Brie, Camembert, Saint Paulin.

Nunca é demais lembrarmos que cada queijo, assim como cada vinho, possui características particulares que podem variar não apenas dentro dos grupos, mas mesmo entre dois queijos do mesmo tipo de produtores diferentes. Além disso, as preferências pessoais devem ser sempre seguidas. Portanto, como toda sugestão de harmonização, o melhor caminho é recorrer aos testes empíricos e não adotar as recomendações dogmaticamente.

Confira também alguns acompanhanetes que combinam muito bem com o jantar:

  • Pães: Eu gosto muito de pães, acho que eles compõe a noite perfeitamente, sugiro colocar pelo menos 3 tipos diferentes. Baguete e pão ciabata são os meus favoritos;
  • Frutas: Sempre uma ótima opcão! Além de combinarem perfeitamente com o formato de recepção, servem também para decorar as bandejas;
  • Tábua de frios: Para quem considera o queijo “pouco”, pode optar também por uma deliciosa e variada tábua de frios. Caso você receba o público masculino, eu não me exitaria em providenciar uma;
  • Patês, geleias,azeites especiais e  mel: Acho que incrementam bastante! Eu amo queijo brie com mel (uma das minhas entradinhas favoritas!), por isso acho super interessante você acrescentar alguns desses itens na hora de montar sua mesa;
  • Sopas e caldos: Se você ainda achar que a mesa vai ser pouca, você também pode providenciar uma sopinha ou caldo. Sugiro algo leve e não muito pesado. Um creme de aspargos ou brócolis funciona super bem.

Cada categoria de queijo pede um tipo de vinho. Veja abaixo a relação de queijos com os respectivos vinhos:

Queijos Gorgonzola e Roquefort: (queijo forte): vinhos tintos encorpados;

Queijos Brie, Camembert e Saint Paulin: (queijo cremoso suave): vinhos tintos leves (jovens);

Queijos Ementhal, Gouda e Reino; (queijo firme de sabor suave): vinhos tintos leves ou brancos secos;

Queijos Parmesão, Grana Padano, Gruyére: (queijo forte de textura dura): vinhos tintos leves ou brancos secos.


Fontes: blogvidadecasada, esposasonline