Resultado de imagem para O mistério do armazenamento do vinho

O armazenamento do vinho é uma prática muito comum entre os amantes do vinho, mas, com certeza, cada um possui sua opinião sobre o assunto e tempo. Há muitas dicas para armazenar o vinho corretamente. Mas quando elas são verdadeiramente necessárias? Muitas garrafas que estão envelhecendo e aguardando pelo momento ideal para serem degustadas. Esses vinhos não só merecem atenção no armazenamento, como precisam, efetivamente, de condições ideais que propiciem o desenvolvimento do líquido.

É necessário estar atento às melhores práticas de armazenamento de vinhos, que incluem cuidados com a posição, a temperatura, a umidade, a luminosidade, etc. Em primeiro lugar, não coloque suas garrafas onde bata Sol, diretamente. E também não guarde o vinho muito próximo ao fogão, ou à qualquer outra fonte de calor. Tomando os devidos cuidados com o vinho, é possível guardar garrafas do dia a dia de maneira que, inclusive, elas participem da decoração do seu ambiente. Certamente, é um charme a mais ter alguns vinhos à disposição, e em exposição.

Com todos os devidos cuidados tomados é possível pensar em várias opções, como prateleiras instaladas em paredes que não peguem sol, ou quem sabe pequenas adegas climatizadas, que andam tão na moda. Vale lembrar que a temperatura de armazenagem de vinhos não é, necessariamente, a mesma ideal para que eles sejam servidos. Use a regra dos 20 minutos, que serve para boa parte dos vinhos: retire os brancos da geladeira cerca de 20 minutos antes de servir, e coloque os tintos leves na geladeira também cerca de 20 minutos antes de servir. Confira algumas dicas:

  • Armazene a garrafa de vinho na posição vertical, para minimizar o contato do oxigênio com a superfície do vinho;
  • Evite mudanças drásticas de temperatura, o que poderia estragar seu vinho;
  • Você pode aquecer uma garrafa de vinho com água morna. Tome cuidado para não utilizar água quente. A água deve estar somente um pouco mais quente do que a temperatura ambiente.

Mas, o que evitar?

  • Não armazene a garrafa de vinho na horizontal (normalmente quando colocado na geladeira). Isso aumenta o contato da superfície do vinho com o oxigênio;
  • Não armazene a garrafa de vinho próximo à janela. Isso pode fazer com que a exposição ao sol estrague-o e mude de cor;
  • Não armazene a garrafa de vinho  em temperaturas acima de 21ºC. É preferível que mantenha na geladeira.

Quais são os vinhos tinto que estragam mais facilmente

Resultado de imagem para O mistério do armazenamento do vinho

  • Pinot Noir é um dos vinhos tinto mais sensíveis quando exposto ao ar;
  • Vinhos antigos acima de 8-10 anos;
  • Vinho orgânico ou vinho sem SO2 (dióxido de enxofre) são tipicamente mais frágeis;
  • Algumas variedades de vinhos como Zinfandel, Nebbiolo, Grenache e Sangiovese.

Por que vinho tinto fica ruim um tempo após aberto?

O oxigênio transforma o vinho tinto em vinagre. Sendo assim, o segredo é fazer com que a superfície do vinho tenha pouco contato com oxigênio quando for armazenar vinho. Há alguns métodos utilizados para prolongar a vida do vinho na prateleira logo após aberto, todos baseados em minimizar a exposição ao oxigênio e até mesmo substituindo ou até mesmo removendo o oxigênio. Com os procedimentos corretos uma garrafa de vinho tinto pode ser armazenada por até uma semana.

Fontes: tintosetantos, vinhopedia