Apesar de muitas regiões no mundo estarem começando a produzir vinho, o mercado ainda é dominado por 10 países que produzem praticamente 80% do vinho mundial. Desses 10, os países do top 3 são responsáveis por quase metade de todo o vinho do planeta – uma quantidade suficiente para encher aproximadamente 5.127 piscinas olímpicas. Sim, é muito vinho!

Confira abaixo a lista dos maiores produtores de vinho do mundo:

França

A França está na liderança como a maior produtora de vinhos do mundo. BordeauxChampagne e Borgonha são suas regiões produtoras mais importantes. A primeira produz os melhores vinhos finos do mundo. Na segunda é produzido o espumante que leva seu nome e tem como maior produtor o grupo Möet et Chandon. A terceira cultiva principalmente Pinot Noir e a Chardonnay. Em 2015, o país embarcou 14.000 hl que foi uma queda pelo terceiro ano consecutivo. Apesar de exportar menos vinho, o país classifica como primeiro, em termos de valor de remessas.

franca entre os maiores exportadores de vinhos do mundo

PORTUGAL

Portugal possui uma longa história no maravilhoso dos vinhos, sendo um dos primeiros países que começaram a vender o produto fora de suas fronteiras. O país embarcou vinho para o Império Romano, enquanto o comércio moderno começava no início do século 18. O primeiro país que comprou vinho dos portugueses foi Inglaterra, e manteve-se um dos principais importadores de vinho de Portugal. Nos últimos 5 anos, o valor do vinho português exportado para o Reino Unido aumentou por 19%. Sem dúvidas, um dos vinhos mais famosos de Portugal é o do Porto, um vinho fortificado, cuja principal característica é a adição de uma bebida destilada - geralmente conhaque. 

portugal entre os maiores exportadores de vinhos do mundo

ARGENTINA 

O vinho argentino é bastante conhecido no mundo, mas por muito tempo se focou exclusivamente em produzir vinho para o mercado interno. Tudo começou a mudar a década de 1990, quando o país começou a investir e produzir vinho de melhor qualidade que poderia se tornar competitivo no mercado internacional. Não é de hoje que o vinho dos nossos vizinhos, vem conquistando o mercado internacional. Com isso, a produção da bebida tem crescido cerca de 8% a cada ano. Em torno de 80% da produção vem de Mendoza, localizada à beira da Cordilheira dos Andes. Entre as diversas variedades cultivadas, o destaque fica para a Malbec e a Chardonnay.

argentina entre os maiores exportadores de vinhos do mundo

ALEMANHA

Comparada com Portugal, a Alemanha produz menos quantidades da bebida, mas exporta e consome mais. Uma das características distintivas da produção de vinho na Alemanha é que muitos produtores de vinho dependem da agricultura orgânica. Os principais mercados dos vinhos alemães são os Estados Unidos e o Reino Unido. O destaque fica para os vinhos brancos, de reputação internacional. As variedades mais cultivadas são as Riesling e Müller-Thurgau.

ESPANHA

As remessas geraram a receita de 2.6 bilhões de euros, o que determina o país no terceiro lugar entre os principais exportadores do mundo, atrás da França, que ganhou 8 bilhões de euros, e Itália cujas remessas de vinho valeram 5 bilhões de euros. Atualmente, os principais importadores do vinho espanhol foram França, Alemanha e Itália. A Espanha ocupa a 3ª posição no ranking e tem o maior número de hectares cultivados com vinhedos no mundo. A principal variedade de uva do país é a Tempranillo, cultivada nas regiões de RiojaRibera del Duero e Penedez.

espanha entre os maiores exportadores de vinhos do mundo

ÁFRICA DO SUL

A África do Sul é décimo segundo maior produtor de vinho e a área ao redor da Cidade do Cabo é o epicentro da vinificação. WOSA estima que um pouco menos de 100.000 hectares estão sob videira, enquanto a maior parte da colheita anual de uvas, em torno de 80%, é usada para produção do vinho. A indústria emprega cerca de 300.000 pessoas, e é uma importante contribuinte para as receitas totais de exportação do país, que é sexta posição nesta seleção. É o produtor mais importante de vinhos do continente africano. Com tradição na produção de vinhos brancos, o país tem aumentado sua produção de tintos. Destaque para as uvas Chenin Blanc, Colombard e Cabernet Sauvignon.

africa do sul entre os maiores exportadores de vinhos do mundo

ESTADOS UNIDOS

Os Estados Unidos são o quarto maior produtor de vinho. Em 2015, 22, 140hl da bebida foram produzidos. A maior quota, cerca de 90% veio da Califórnia, que é também o estado com maiores números de vinícolas, 3.782. Como outros países não europeus nesta seleção, os EUA registrou um aumento contínuo em exportação nos últimos anos. Califórnia produz cerca de 90% dos vinhos dos Estados Unidos. O cultivo dos mais diferentes tipos de uvas – com destaque para Cabernet Sauvignon e a Chardonnay - é favorecido pelas condições climáticas e o solo do local. A região produziu, inclusive, os primeiros vinhos orgânicos do mundo. 

estados unidos entre os maiores exportadores de vinhos do mundo

ITÁLIA

A vinificação tem uma longa tradição na Itália, que remonta a 800 a.C., a época quando os colonizadores gregos introduziram a vinicultura para Sicília. No ano passado, o país produziu as maiores quantidades de vinho no mundo. Além de segundo maior país produtor, a Itália ocupa também a segunda posição do maior consumidor de vinho. Duas regiões se destacam na produção local de vinhos: Piemonte, com destaque para o Barolo, produzido com uvas Nebbiolo; e Toscana, cuja uva típica é a Sangiovese, com a qual se produz o Chianti e o Brunello, entre outros vinhos.

italia entre os maiores exportadores de vinhos do mundo

 

Fonte: top10maisartdescaves