Estudos realizados por investigadores da Bélgica e Holanda comprovam que o chocolate, o café e o vinho tinto são benéficos para os intestinos

Um grupo de investigadores da Bélgica e da Holanda realizaram vários estudos que comprovam que o vinho tinto, o chocolate e o café aumentam a diversidade de bactérias nos intestinos, o que por sua vez é benéfico para a saúde.

Os resultados foram partilhados pela revista Science. Os cientistas analisaram milhares de amostras de fezes de voluntários e mapearam as espécies de bactérias existentes nos intestinos, associando-as a fatores do estilo de vida.

O primeiro estudo, liderado por Jeroen Raes, do Instituto de Biotecnologia de Flandres, na Bélgica, analisou amostras de cerca de 1100 voluntários e concluiu que a quantidade de bactérias presentes no intestino está fortemente relacionada pela dieta, divergindo consoante o país.

Por outro lado, a investigação liderada por Cisca Hutternhower, da Universidade de Groningen's na Holanda, diretamente relacionada com o primeiro estudo, apresentou resultados semelhantes: alguns laticínios como a manteiga e o iogurte aumentam a diversidade de espécies no intestino, assim como o café, o chocolate e o vinho tinto, enquanto os alimentos de alto teor calórico e alguns medicamentos (anti-histamínicos, hormonas e anti-inflamatórios), têm o efeito oposto, segundo Alexandra Zhernakova, da Universidade de Groningen, citada pelo The washington Post.

Os alimentos que aumentam a diversidade de micróbios no intestino são benéficos para a saúde, no entanto devem ser consumidos com moderação.

Fonte: Diário de Notícas