Resultado de imagem para bandeira da frança circulo

Bordeaux ou Borgonha? Difícil não é mesmo? Pois é, nunca ouve dois franceses tão diferentes, a rivalidade entre essas duas regiões, ambas produtoras de maravilhosos vinhos, pode ser palco de discussões. Essas duas regiões, resumem a essência do vinho francês, com diferentes maneiras de produzir a bebida báquica. De um lado, o conceito de varietal, de outro, o do blend. Os Châteaux em oposição aos Domaines. Até mesmo os formatos das garrafas se contrapõem.

Em Bordeaux, o produtor é chamado de Châteaux, enquanto na Borgonha, o nome utilizado é Domaine. As vinícolas de Bordeaux são normalmente grandes corporações, de ricos proprietários. Já na Borgonha encontramos os pequenos produtores. 

Resultado de imagem para Bordeaux ou Borgonha?

Bordeaux é a região francesa que concentra a maior quantidade de grandes propriedades vinícolas, que são bem maiores em relação à Borgonha, e são chamadas de Châteaux. Não refere-se apenas ao "castelo", sede da propriedade, mas também aos vinhedos, cantina, adega etc. Muitas vinícolas adotaram o nome "château" mesmo não possuindo um castelo, tão grande é a associação feita entre os vinhos de Bordeaux e os castelos.

As vinícolas da Borgonha são geralmente denominadas Domaines, costumeiramente de gestão familiar. A presença da Igreja na região sempre foi preponderante, sendo ela proprietária da maior parte das terras. A Côte d'Or, região vinícola mais nobre da Borgonha, abrigava várias abadias e centros religiosos de renome. Seus monges eram os grandes enólogos da época, dominando as técnicas vinícolas.
Resultado de imagem para Bordeaux ou Borgonha uvasAs uvas são diferentes para cada tipo de vinho, cada um possui suas proprias caracyerístcas e sabores. As uvas mais utilizadas para a produção dos Bordeaux são: Cabernet Sauvignon, Merlot e Cabernet Franc, para os tintos, e Sauvignon Blanc, Sémillon e Muscadelle, para os brancos. 
Já para os vinhos da Borgonha, por sua vez, as tintas mais usadas são Pinot Noir e Gamay e as brancas são Chardonnay e Aligoté.

A Merlot, é uma uva mais macia, mas também com boa estrutura, é a mais plantada de Bordeaux, cobrindo aproximadamente 40 mil hectares, e os vinhos mais reputados em que é a cepa principal do corte são os produzidos na margem direita, de clima mais continental e ameno. Já a Sauvignon Blanc, mais ácida, delgada e herbácea, suaviza a doçura nos vinhos botrytizados e é o principal componente dos brancos secos de Graves, mais reputados, e de Entre-Deux-Mers. 

Enquanto em Bordeaux prevalecem os vinhos tintos em mais de 90% da produção da região, na Borgonha os brancos representam 62% do total de vinhos produzidos.

Os vinhos de Bordeaux são conhecidos, entre outras coisas, pela excelência na criação de cortes de diferentes uvas, em um único vinho. O termo “corte bordalês”, usado amplamente no mundo do vinho, refere-se à combinação das uvas mais utilizadas em Bordeaux. Borgonha, em contrapartida, é o berço de alguns dos mais famosos e valiosos vinhos varietais de todo o mundo!

Resultado de imagem para Bordeaux ou Borgonha garrafas

As garrafas utilizadas em Bordeaux, e assim denominadas, têm ombros altos que auxiliam a retenção do depósito de resíduos ao se servir o vinho, já que tradicionalmente esses são vinhos aptos a envelhecer por longo tempo na adega. Foram adotadas no mundo todo para as cepas de Bordeaux. A garrafa Borgonha, ao contrário, tem ombros inclinados, sendo usada para as cepas Chardonnay e Pinot Noir em todo o mundo.

A conhecida taça oval de Bordeaux, com uma a ampla superfície, faz com que uma quantidade maior de vinho seja exposta ao ar para liberar os aromas, intensificando o sabor, aroma e textura dos vinhos, e também prolongando a sua persistência.

A larga taça para Borgonha tem um formato fácil de girar que permite que o ar interaja com o líquido e desenvolva os aromas, realçando o frutado, a acidez e equilíbrio dos vinhos. O leve rebordo dirige os sabores frutados para a parte frontal do palato.

Tintos:

  • Cabernet Sauvignon;
  • Merlot;
  • Cabernet Franc;
  • Petit Verdot;
  • Malbec;
  • Carménère.

Brancos:

  • Sauvignon Blanc;
  • Sémillon;
  • Muscadelle;
  • Colombard;
  • Ugni Blanc.

 Fontes: tintosetantos, revistaadega